15 Sinais de Autismo Leve

Algumas perguntas permeiam o ambiente social de uma criança com autismo como:

Será que ele tem autismo mesmo? Será que não é falta de educação? Será que a mãe que não está educando direito? Ou ainda, mas ele não tem nada de diferente, não tem cara de autista …

Mas já fez terapia e melhorou bastante … acho que o médico errou no diagnóstico … espera mais um pouco que vai mudar esse comportamento, deve ser por ser muito “novinho”, você estar mimando demais, espera mais um pouco que ele vai mudar …

Conheça agora os 15 Sinais de Autismo Leve, segundo Drª Maria Claudia Brito.

15 Sinais de Autismo Leve

15 sinais pra você identificar se uma pessoa tem autismo leve.

  •  A pessoa com autismo não tem nenhuma característica física padronizada , que a gente pode dizer padronizada que todo mundo tem a mesma característica, principal de falar olha aquele detalhe dos olhos,  do nariz , da boca indicam autismo.

 

  • O  uso do olhar você já deve ter ouvido falar bastante,  não temos contato visual, o  olhar na direção dos olhos da outra pessoa,  no rosto e etc . Então você pode ter crianças que não olham nunca, o adulto e adolescentes que não olham nunca, chora um pouco  ou que olham de uma forma diferente ou que não olha  de uma forma sustentada que não mantêm esse olhar então olha pra você rapidinho e desvia às vezes tem um olhar assim lateral e várias particularidades em algumas crianças que olham pra você parece que não esta  vendo . Parece que ela travessasse. Você quer dizer que nunca a criança lá não a gente está falando de um espectro de características e aqui a gente está falando dos graus mais leves então tudo pode acontecer de uma forma mais sutil mais difícil de perceber quando a gente pensa muito no leve algumas dessas características sempre podem ficar mais sutis mais difíceis para a gente perceber mais

 

  • Desinteresse ou uma dificuldade para interagir e brincar com as outras crianças do contexto da sala de aula,  o professor propõe uma atividade que todas as crianças vão sentar em círculos para cantar uma música e tem  coisas coloridas instrumentos , crianças se envolve,  então uma criança levanta e sai,  fica sentado de costas pra roda  ou faz qualquer outra coisa , você chama a atenção delas tenta,  pega -lá  pelas mãos,  faz de tudo para trazê-lo , mas ela não quer,  prefere ficar longe.

 

  • Criança agiu como se fosse surda muitas vezes a mãe, a professora chamam a criança pelo nome,  só para brincar,  para fazer alguma atividade e a criança não olha. Ela não olha um aspecto importante dessa característica é que muitas vezes ela atrasa o diagnóstico ou induz ao erro. Por exemplo : Eu tive um paciente com autismo que chegou com um  aparelho auditivo  mesmo ouvindo bem e tendo inclusive foi a.

 

  • Sensibilidade auditiva é uma característica que a criança parece não  ter noção de perigo. Ela sobe em cima de tudo , não tem medo de cair,  não se preocupa se caiu ou então, sai correndo para atravessar a rua,  não tem medo que alguma coisa possa acontecer com ela.

 

  • Agora é muito importante , porque é uma característica chave que está relacionada com o brincar. Uma criança que brinca diferente parece que ela não sabe brincar do jeito usual,  como todas as outras crianças brincam. Como assim ? Por exemplo, um carrinho quando você empurra e faz barulho de empurrar o carrinho, muitas vezes a criança com autismo ela vai apresentar características bastante particulares no brincar e a dificuldade em usar o brinquedo da forma como a gente espera que usa,  que seria forma funcional de usar o brinquedo,  muitas vezes não acontece ao contrário disso a criança pode por exemplo enfileirar os brinquedos,  agrupar por cor,   tamanho, por forma , colocando um em cima do outro.

 

  • Outra característica que você vai conseguir observar desde que a criança é bem pequena,  elas começam apontar, algo que ela deseja ou que a interessa. É mais fácil para uma criança do espectro do autismo apontar alguma coisa, mesmo que ela tenha um atraso,  nem sempre  apontar,  mas para indicar o interesse é uma necessidade então,  às vezes a criança aponta para mostrar uma coisa que ela quer,  e estende a mãozinha na direção de alguma coisa que ela quer,  mas não aponta para mostrar uma coisa que achou interessante, então alguma coisa porque ela vê que é bonita,  que é engraçada ela aponta o olhar pra mãe e dá um sorriso.

 

  • Encanta bastante as famílias é quando a criança já está com seus dois aninhos, até aos cinco anos de idade se interessa por letras e números o meu primeiro paciente que tinha um grau de autismo leve,  diagnosticado de síndrome de asperger , as primeiras palavras que ele pronunciou aos 2 anos e 9 meses foram 0,99 e 2,99 , passando na frente de uma loja e lendo as placas dessa loja ele se interessava muito por leitores e números ele tinha um quadro de perplexidade , então muitas vezes acontecem junto com autismo leve,  esses quadros que a leitura precoce até antes dos cinco anos de idade sem que alguém tenha ensinado,  formalmente essa criança muitas vezes essa pode ser confundida com uma criança que tem altas habilidades , super dotação , por ler precocemente , e aí uma coisa interessante para você prestar atenção e se ela entende aquilo que ela está lendo,  porque a criança lê com epilepsia,  mas se você perguntar o que foi aquele livro inteiro que ela leu ,  tem dificuldade para contar pra você.

 

  • Outro ponto chave que sugiro , que você já pensa na intervenção social professor , sus e terapeutas ,  a mãe , atividades que você pode fazer em casa e como ajudar essa criança em relação à atenção compartilhada. A atenção compartilhada ,mas para quem está ali no chão com a criança e você oferece um brinquedo para ela ou na escola a criança está numa mesa ali com os professores por exemplo dão lhe uma massinha para a criança brincar e elas vão brincar em grupo etc , e você olhar para aquela mesma situação junto. Você olha por exemplo para o brinquedo, olha para a pessoa que está brincando com você tá interagindo com você, olha de volta para o brinquedo então é quando faz um triângulo entre um fato uma situação um objeto um brinquedo e uma outra pessoa ou pessoas com autismo tem uma dificuldade importante em relação a isso.

 

  • Algo que confunde e atrasa também os diagnósticos e avaliações nos casos de autismo de grau mais leve,  é o fato de crianças desde pequena falar,  pode ter uma criança que nem têm atraso que fale até na idade esperada, mas você vai observar que essa fala tem características específicas ,então é uma fala que parece que não tem intenção comunicativa a criança sabe o nome do brinquedo, da boneca , daquilo que quer e que gosta, sabe falar,  pronunciar,  mas não usa essa fala com função social , prática de alguma coisa ou para te mostrar alguma coisa ou se você perguntar se brincou, o que fez na escola, mesmo essas crianças que às vezes ler muito cedo,  começam  a ler um livro inteirinho , mas não consegue te contar , por exemplo o que fez na escola pense em uma fala que traz características repetitivas , então a gente pode ter por exemplo,  uma criança que faz apenas  colar uma  linha que é uma repetição por exemplo da fala de outras pessoas,  na fala de desenhos, filmes , então por exemplo,  ouviu a peppa  falando alguma coisa lá no desenho,  está lá no parquinho brincando com outras crianças , tenta  interagir,  às vezes , ela quer falar alguma coisa,  vai lá e repete uma fala da peppa igualzinho, às vezes, até produzindo ali a mesma entonação tanto de voz,  até crianças que ao invés de repetir palavras ou frases literalmente têm o que a gente pode chamar de fala monotemática , quer falar só sobre um assunto da criança,  ama ônibus , só fala de ônibus , das peças do ônibus ,  o ônibus que vai de tal  lugar até lugar,  as cores do ônibus , só brinca e aquele é o assunto favorito e repetitivo .

 

  • A maioria das pessoas com autismo leve vai ter a alteração sensorial de integração sensorial por exemplo , a hipersensibilidade auditiva , então muitas vezes por exemplo o ambiente como um supermercado , a escola  no horário do recreio , o sinal tocando,  as crianças correndo e  gritando,  a  criança fica brava e nervosa,  já coloca as mãozinhas na cabeça e  no ouvido , às vezes grita , tem ali alguns comportamentos que dão indicação de que ela está sendo mal educada , birrenta,  isso pode estar relacionado , por exemplo,  com a hipersensibilidade a determinados sons.

 

  • A seletividade alimentar  tem criança que os pais relataram , que não come nada,  muitas vezes o professor vai bem até consegue  ajudá-lo na aprendizagem,  nas rotinas escolares,  mas o problema é na hora de comer,  todo mundo vai para a mesa , mas a criança  não consegue comer com as outras crianças ,  joga o prato, joga colher , não quer aquilo, só se você deixar sozinho por exemplo,  vai conseguir comer alguma coisa. Em casa também é muito comum os pais dizerem meu filho só come banana,só toma coca-cola , não toma mais nada.

 

  • A criança  pode ter dificuldades de comunicação e de interação relacionadas com dificuldades na teoria da mente , compreensão de metáforas, linguagem figurada, entender palavras , expressões de duplo sentido,  por exemplo,  se você falar pra criança nossa lá fora está chovendo canivete,  a criança pode achar que estar mesmo,  vai ficar preocupada de fato com isso.

 

  • As características bem marcantes e de grande importância , evidentes que são fáceis para você ver  por exemplo , o professor observa na sala de aula antes de você saber disso , pode ser que seria difícil , agora que mostrei ,  você pensar naquele seu aluno que é difícil , que tem dificuldades para interagir com as outras crianças , que não para quieto , alguma coisa que você percebe que é diferente , olha para essas características e se você é pai ou mãe está com essa dúvida , pensa nesses sinais que te mostrei , agora que você sabe que eles existem ,você vai ver como vai ficar ainda mais fácil , mais evidente para você observar.